Segunda-feira, 12.09.11

Contradições socialistas

 

Rádio Renascença: António José Seguro considera que quem colocou a Madeira na bancarrota não pode agora pedir que outros paguem a dívida. “Nós ouvimos o líder regional do PSD dizer que precisava rapidamente de dinheiro. O PSD-Madeira pôs a Madeira na bancarrota, tem um buraco colossal, gaba-se disso e pede que sejam os outros a pagar a factura da sua irresponsabilidade”, acusa o líder do PS

 

Da minha parte nada a obstar. Apenas constato que a posição do líder socialista sobre a dívida madeirense contrasta com o seu apoio às eurobonds e abre novas e interessantes possibilidades quanto à responsabilização do anterior governo nacional.

publicado por Miguel Noronha às 11:21 | partilhar
Sábado, 03.09.11

Nós até deixamos as contas todas pagas!

 

 

“O mais grave de toda esta situação é este assalto violento que está a ser feito às funções sociais do Estado. Isto é intolerável e é inaceitável. Estão a dar cabo da classe média em Portugal”, disse [António José Seguro]

 

Não se espantam. O Sr. acabou mesmo agora de chegar e ainda está um bocadito alheado da realidade.

publicado por Miguel Noronha às 10:12 | partilhar
Segunda-feira, 29.08.11

O modelo madeirense

Seguro desafia Coelho a esclarecer quem paga "irresponsabilidade" da dívida da Madeira

 

Trata-se efectivamente  de uma excelente questão que merece melhor resposta por parte do governo. Seria extremamente útil acabar com a irresponsabilidade fiscal das autarquias e regiões autónomas fazendo com que sejam os contribuintes locais a pagar pela "obra feita" dos lideres locais. Para além da ressalva aqui feita pelo Nuno Gouveia, o que acho estranho é que seja feita pelo líder do partido que se tem batido por um modelo de regionalização que irá semear várias "Madeiras" pelo continente.

 

publicado por Miguel Noronha às 09:20 | partilhar
Quinta-feira, 16.06.11

Afinal

Felizmente parece ter prevalecido o bom senso. O PS não irá apresentar recurso para o Tribunal Constitucional. Verdade seja dita que, após ambos os candidatos à liderança terem manifestado opinião contrária, não restava grande margem de manobra a José Lello. Resta saber se este vai corrigir o que disse.

publicado por Miguel Noronha às 14:29 | partilhar

Cachimbos

O Cachimbo de Magritte é um blogue de comentário político. Ocasionalmente, trata também de coisas sérias. Sabe que a realidade nem sempre é o que parece. Não tem uma ideologia e desconfia de ideologias. Prefere Burke à burqa e Aron aos arianos. Acredita que Portugal é uma teimosia viável e o 11 de Setembro uma vasta conspiração para Mário Soares aparecer na RTP. Não quer o poder, mas já está por tudo. Fuma-se devagar e, ao contrário do que diz o Estado, não provoca impotência.

pesquisa

 

posts recentes

links

últ. comentários

  • O mais engraçado em toda a história das crianças i...
  • ou podre
  • http://fernandovicenteblog.blogspot.pt/2008/07/si-...
  • O pagamento do IVA só no recibo leva a uma menor a...
  • O ranking tal como existe é um dado absoluto. Um r...
  • Só agora dei com este post, fora do tempo.O MEC af...
  • Do not RIP
  • pois
  • A ASAE não tem excessos que devem ser travados. O ...
  • Concordo. Carlos Botelho foi um exemplo de dignida...

tags

arquivos

2014:

 J F M A M J J A S O N D

2013:

 J F M A M J J A S O N D

2012:

 J F M A M J J A S O N D

2011:

 J F M A M J J A S O N D

2010:

 J F M A M J J A S O N D

2009:

 J F M A M J J A S O N D

2008:

 J F M A M J J A S O N D

2007:

 J F M A M J J A S O N D

2006:

 J F M A M J J A S O N D

subscrever feeds