Segunda-feira, 13.02.12

Na volta do correio

 O governo espanhol também não está a ter uma vida fácil, tem dois sérios défices para resolver: o das contas públicas; e o do sector eléctrico. O Governo que pouco tempo após tomar posse admitia para 2012 um corte no orçamento do Estado espanhol de 16 mil milhões de euros para corrigir o défice das contas públicas, veio este ano informar que será necessário mais, qualquer coisa perto dos 40 mil milhões de euros. Mas Espanha tem outro grave e importante défice – um défice tarifário no sector eléctrico que atingiu os 28 mil milhões de euros, dos quais ainda estão por pagar 23 mil milhões de euros, e desse valor só está “securitizado” um valor de 13 mil milhões de euros, estando o remanescente ainda a ser financiado pelas empresas do sector. O irónico da situação é que este último défice chegou às mãos de Rajoy “na volta do correio” - o défice tarifário foi uma criação inicial do anterior Governo do PP em 1996, para garantir uma descida do preço da electricidade. Uma criação que os socialistas espanhois souberam cuidar e alimentar.

tags:
publicado por Victor Tavares Morais às 13:54 | comentar | ver comentários (1) | partilhar
Domingo, 08.01.12

Pf. salvem os galegos

Numa breve estadia na Galiza, logo vi o que lhes falta para aumentarem rapidamente a produtividade: uma gestão moderna. Então não é, que eles ainda têm portageiros nas autoestradas e funcionários que nos ajudam nas estações de serviço! E pior ainda, comem o peixe que pescam nos barcos que eles próprios constroem! Que atraso.

tags:
publicado por Victor Tavares Morais às 17:12 | comentar | ver comentários (5) | partilhar
Segunda-feira, 18.07.11

Portugal, Espanha e o Euro

Recomendo a leitura da entrevista do André Azevedo Alves ao webzine espanhol Libre Mercado

 

P: Por último, ¿ve probable que Portugal abandone la Unión Monetaria? ¿Sería deseable?

R: Por el momento todas las opciones están encima de la mesa. Si la situación no empieza a mejorar rápidamente, particularmente en términos de consolidación presupuestaria, es bastante posible que el abandono del euro se convierta en una realidad. Abandonar el euro facilitaría al Gobierno la solución de sus problemas mediante una devaluación de la moneda. Sin embargo, además de conducir casi seguramente al impago de la deuda portuguesa nominada en euros, esto también implicaría un coste brutal para la población y la situación social en el país se deterioraría.

 

A nivel europeo, tener mayor competencia monetaria (que no necesariamente significa abandonar el euro) y menos centralización de las políticas sería preferible. Pero en el contexto actual, creo que el deseo de pertenecer a la Eurozona continúa teniendo algunas influencias positivas importantes en términos de la decisión sobree políticas económicas para países como Portugal o España. Esto es, por supuesto, una apuesta muy arriesgada en el contexto de una moneda única, dado que asume que el BCE será capaz de mantener una política monetaria relativamente sólida, a pesar de todas las presiones políticas para no hacerlo. Para Portugal, el escenario de permanecer en la Unión Monetaria está lejos de ser brillante, pero las consecuencias de abandonarla pueden ser incluso mucho peores.

publicado por Miguel Noronha às 08:50 | partilhar
Quarta-feira, 29.06.11

Solidariedade dispendiosa

É perfeitamente natural que o governo espanhol fique desagradadocom a decisão de suspender o troço nacional da linha Lisboa-Madrid. Eles próprios já se aperceberam da fraca rentabilidade das linhas de alta velocidade e foram obrigados a suspender algumas ligações. O troço português ajudá-lo-ia a melhorar a rentabilidade de linha sem custos adicionais (para eles...). Nós é que não somos obrigados a esta dispendiosa solidariedade. Eles que resolvem os seus próprios erros.

tags: ,
publicado por Miguel Noronha às 10:40 | partilhar
Quinta-feira, 16.06.11

«Es ciego, pero también es un diputado. Y de Convergència»,

Ontem durante o cerco anti-democraticoao parlamento da Catalunha um grupo de energúmenos tentouroubar o cão-guia a um deputado da CiU. Não devem ter encontrado melhor forma para expressar a sua "indignação".

 

(via Helena Matos)

tags:
publicado por Miguel Noronha às 10:12 | partilhar
Segunda-feira, 23.05.11

Mais trabalho e menos queixinhas

Jornal de Negócios 

O governador do Banco de Espanha, Miguel Ordóñez  pediu hoje para que se deixe de culpar os mercados internacionais pela subida dos juros das obrigações do país. Para isso, pede para que sejam implementadas reformas e que as administrações reduzam “rigorosamente” o défice orçamental.

“Culpar o mercado ou a avareza dos mercados será uma perda de tempo que poderá distrair-nos do facto de que esse custo só será reduzido se adoptarmos as medidas e as reformas internas o mais rápido possível”, afirmou durante uma intervenção na assembleia anual do Instituto de Empresa Familiar, citado pelo “Cinco Días”. 

Quem o diz é um socialista que integrou os governos de Felipe Gonzalez e Jose Luiz Zapatero num comentário que também é válido para os camaradas do lado de cá da fronteira.

publicado por Miguel Noronha às 16:06 | partilhar

Cachimbos

O Cachimbo de Magritte é um blogue de comentário político. Ocasionalmente, trata também de coisas sérias. Sabe que a realidade nem sempre é o que parece. Não tem uma ideologia e desconfia de ideologias. Prefere Burke à burqa e Aron aos arianos. Acredita que Portugal é uma teimosia viável e o 11 de Setembro uma vasta conspiração para Mário Soares aparecer na RTP. Não quer o poder, mas já está por tudo. Fuma-se devagar e, ao contrário do que diz o Estado, não provoca impotência.

pesquisa

 

posts recentes

links

Posts mais comentados

últ. comentários

  • O mais engraçado em toda a história das crianças i...
  • ou podre
  • http://fernandovicenteblog.blogspot.pt/2008/07/si-...
  • O pagamento do IVA só no recibo leva a uma menor a...
  • O ranking tal como existe é um dado absoluto. Um r...
  • Só agora dei com este post, fora do tempo.O MEC af...
  • Do not RIP
  • pois
  • A ASAE não tem excessos que devem ser travados. O ...
  • Concordo. Carlos Botelho foi um exemplo de dignida...

tags

arquivos

2014:

 J F M A M J J A S O N D

2013:

 J F M A M J J A S O N D

2012:

 J F M A M J J A S O N D

2011:

 J F M A M J J A S O N D

2010:

 J F M A M J J A S O N D

2009:

 J F M A M J J A S O N D

2008:

 J F M A M J J A S O N D

2007:

 J F M A M J J A S O N D

2006:

 J F M A M J J A S O N D

subscrever feeds