Segunda-feira, 18.07.11

Confiem...

 

 

Notícias hoje divulgadas fazem temer pela saúde financeira da única (e minuscula) parte do sistema público de pensões que não é gerida como um "Esquema de Ponzi". A carteira de dívida pública detida pelo FEFSS perdeu cerca de 20% do seu valor desde Maio. Isto torna ainda mais irresponsável a ordem dada pelo governo socialista (primeiro desmentida e mais tarde confirmada) de aumento da exposição do fundo à dívida portuguesa. O mesmo (ir)responsável que acatou esta directiva propõe agora reduzir o peso da dívida nacional e apostar na de países com menor risco. As próprias transferências da Segurança Social para o fundo (que tem sido consistentemente reduzidas para metade todos aos anos desde 2008) cessaram por completo desde Março.

 

Mas nada que os faça abalar a fé no sistema público de pensões. Tudo menos deixarem a cada um a gestão da sua reforma.

publicado por Miguel Noronha às 16:04 | partilhar
Quarta-feira, 25.05.11

Assalto às reformas (3)

Como recordo o João Miranda a notícias sobre compra de dívida pública pelo FEFSS agora confirmada e justificada foram na altura desmentidas pelo governo. MAIS UMA VEZ O GOVERNO SOCIALISTA É APANHADO A MENTIR AOS PORTUGUESES.

publicado por Miguel Noronha às 12:57 | partilhar

Assalto às reformas (2)

A propósito desta notícia vem agora o Ministério das Finanças dizer que a "ordem para Segurança Social comprar dívida respeita limites legais". Existem vários problemas relacionado com esta operação.No outro post já aludi ao elevado risco associado à compra de títulos de dívida pública portuguesa. O Ricardo Arroja refere outro não menos grave:

o FEFSS é um património autónomo (...) cujo objectivo é acudir a eventuais desequilíbrios de tesouraria relacionadas com o pagamento de pensões aos reformados. Mais, o dinheiro que lá está resulta de descontos que os contribuintes fizeram para financiar as reformas dos pensionistas actuais e que, não sendo necessárias no curto prazo, são geridas em regime de capitalização – investindo, de forma conservadora, em várias classes de activos não correlacionadas – para, eventualmente, no futuro, financiarem as suas próprias pensões. Ou seja, decididamente, este Fundo não é um fundo de maneio do Estado.

publicado por Miguel Noronha às 12:27 | partilhar

Assalto às reformas

Passados quase dois meses, o governo confirma que utilizou verbas do Fundo de Estabilização Financeira da Segurança Social para se financiar. Eufemisticamente dizem que colocaram a "Segurança Social ao serviço da dívida pública". É uma irresponsabilidade tremenda. No caso de uma (mais que provável) reestruturação da dívida parte desse montante (estima-se algo entre os 30 e os 50%) será "apagado". Este é o governo que "para nosso próprio bem" não permite que sejam os portugueses a gerir as suas reformas. Passe o paternalismo socialista acho difícil termos feitos pior que os "especialistas" do governo.

publicado por Miguel Noronha às 09:38editado por Nuno Gouveia às 10:20 | partilhar

Cachimbos

O Cachimbo de Magritte é um blogue de comentário político. Ocasionalmente, trata também de coisas sérias. Sabe que a realidade nem sempre é o que parece. Não tem uma ideologia e desconfia de ideologias. Prefere Burke à burqa e Aron aos arianos. Acredita que Portugal é uma teimosia viável e o 11 de Setembro uma vasta conspiração para Mário Soares aparecer na RTP. Não quer o poder, mas já está por tudo. Fuma-se devagar e, ao contrário do que diz o Estado, não provoca impotência.

pesquisa

 

posts recentes

links

últ. comentários

  • O mais engraçado em toda a história das crianças i...
  • ou podre
  • http://fernandovicenteblog.blogspot.pt/2008/07/si-...
  • O pagamento do IVA só no recibo leva a uma menor a...
  • O ranking tal como existe é um dado absoluto. Um r...
  • Só agora dei com este post, fora do tempo.O MEC af...
  • Do not RIP
  • pois
  • A ASAE não tem excessos que devem ser travados. O ...
  • Concordo. Carlos Botelho foi um exemplo de dignida...

tags

arquivos

2014:

 J F M A M J J A S O N D

2013:

 J F M A M J J A S O N D

2012:

 J F M A M J J A S O N D

2011:

 J F M A M J J A S O N D

2010:

 J F M A M J J A S O N D

2009:

 J F M A M J J A S O N D

2008:

 J F M A M J J A S O N D

2007:

 J F M A M J J A S O N D

2006:

 J F M A M J J A S O N D

subscrever feeds