Domingo, 09.10.11

Eleições na Madeira (6)

É interessante verificar que a descida na votação dos partidos de esquerda foi generalizada. Não apenas o PS, mas também nos partidos comunistas com os bloquistas a perderem o seu único deputado. Dir-se-ia que. no entender dos eleitores madeirenses, para despesistas já bastam os que estão no governo regional.

tags:
publicado por Miguel Noronha às 21:20 | partilhar

Eleições na Madeira (5)

Terminou a contagem. O PSD perde 19 mil votos e oito deputados mas mantem a maioria absoluta. O CDS tem aqui uma grande vitória. Ganha 7 deputados e 18 mil votos e consegue ser o 2º maior partido da região. Ainda assim falha o objectivo de tirar a maioria absoluta ao PSD e AJJ.  Isto faz-me lembrar as legislativas de 2009. O despesismo compensa. Que isto sirva de aviso aos adeptos da regionalização.

tags:
publicado por Miguel Noronha às 21:09 | partilhar

Eleições na Madeira (3)

Ninguém parece dar por isso mas o PCP parece ser outro dos derrotados destas eleições. Até agora perde 1/4 dos votos. A posição do CDS parece consolidade. Com 44 freguesias apuradas triplica a sua votação e elege 3 deputados (1 em 2007).

tags:
publicado por Miguel Noronha às 20:42 | partilhar

Eleições na Madeira (2) - momento Alka Seltzer

Na SIC-N, instado a comentar o bom resultado do CDS o bloquista Daniel Oliveira fala do mau resultado do PS

tags:
publicado por Miguel Noronha às 20:29 | partilhar

Eleições na Madeira

Com 16 freguesias [20:05] apurados qualquer análise corre sempre o risco de ser desmentida por desenvolvimentos posteriores. Ainda assim, é significativo a subida da votação no CDS que consegue ultrapassar o PS. Parece que os socialistas não só não conseguiram capitalizar em seu favor o descontentamento dos eleitores como perderam parte dos votos de 2007. Quanto ao PSD, está a descer de forma significativa. Vamos ver se mantém a maior absoluta. Se algo conseguir "safar AJJ será a pulverização da oposição.

 

ADENDA1: É curioso que o número de votantes se mantenha quase constante em relação a 2007 enquanto o inscritos aumentam de forma significativa.

 

ADENDA2: O PTP, do "presidencial" José Manuel Coelho está para já no 4º lugar com um significativo número de votos. Há fenómenos que me ultrapassam.

tags:
publicado por Miguel Noronha às 20:00 | partilhar
Sexta-feira, 30.09.11

Ora bem

No Expresso

 

Manuela Ferreira Leite foi questionada pelos jornalistas sobre a questão da omissão de dívidas públicas na Madeira, tendo considerado que "sobre o Alberto João Jardim já está tudo dito".

 

Mas acrescentou: "Aquilo que, pessoalmente, não deixo de fazer é de relembrar que o Eng. Sócrates, o ministro Teixeira dos Santos deixaram o País numa situação de tal forma caótica e endividada, e fizeram-no de uma forma tão consciente e com todo esse endividamento, [que] deixaram o País num tal estado, que me parece, pelo menos, impensável que o Partido Socialista possa sequer abrir boca sobre a questão da Madeira".

publicado por Miguel Noronha às 12:44 | partilhar
Quinta-feira, 22.09.11

Deputado eleito pelo PS Madeira desmente a direcção nacional

No Público: (meus destaques)

 

O deputado do PS na Assembleia da República eleito pela Madeira decidiu suspender o mandato, alegando que apesar da responsabilidade da situação financeira ser do Governo Regional não se revê nas posições do seu partido nesta questão. “Sou madeirense e considero que se está a usar a dívida, os buracos e os erros de governação na Madeira para fazer esquecer os erros colossais que o país fez ao longo do tempo”, disse à agência Lusa Rui Caetano. O deputado socialista insular salienta que “o PS-Madeira sempre alertou para estes problemas, a todos os Presidentes da República e todos os primeiros-ministros, incluindo os socialistas, e eles foram fazendo de conta que esqueciam a situação”.

tags: ,
publicado por Miguel Noronha às 16:12 | partilhar

Madeira & afins

1. Convinha mesmo saber se estanotícia do DN é verdadeira. Se realmente "30 figuras de topo do Estado [foram ao longo do tempo] avisadas sobre a Madeira", e optaram por não toma quaisquer medidas correctivas ou avisar as autoridades competentes, estas devem ser co-responsabilizadas.

 

2. O PGR ordenoua abertura de um inquérito para averiguar "eventuais responsabilidades de ilícitos penais". Alguém conhece resultados dos anteriores processos abertos por Pinto Monteiro? E o caso Lopes da Mota?

 

3. Serão conhecidos até ao final da semana os resultados da auditoria ao IDP. Os montantes são bastante inferiores mas o esquema parece em tudo semelhante ao ocorrido na Madeira. Não me recordo de ver grandes indignações nos blogs socráticos. Excepto um enorme regojizo quando a saiu o (falso) desmentido. Tirando isso...

 

4. Quantas mais "madeiras" existirão por aí?

 

5. Eu juro que tento variar o assunto mas parece que todos os posts vão invariavelmente dar à Madeira.

publicado por Miguel Noronha às 10:23 | partilhar
Quarta-feira, 21.09.11

O modelo madeirense (3)

 

O presidente do PSD/Madeira, Alberto João Jardim, disse hoje que o "pecado" da Madeira foi querer alcançar o nível de vida da Europa, mas que para isso foi preciso "fazer investimento", o que "custou dinheiro"

 

O pecado da Madeira foi o mesmo de muitas famílias portuguesas, do governo português da Grécia. Confundir prosperidade com o aumento do consumo sustentado pelo crédito.

 

ADENDA: Como aqui escrevi, Alberto João Jardim têm tudo para ser um ícone da esquerda nacional. Leiam este artigo assinado pelo próprio: "Eu, Keynesiano, me confesso"

publicado por Miguel Noronha às 09:00 | partilhar
Segunda-feira, 19.09.11

A lição madeirense (2)

André Abrantes Amaral no Insurgente

 

"O problema das regiões autónomas, em muito semelhante ao das autarquias e das regiões administrativas que felizmente não se criaram, é que a sua autonomia política não tem correspondência financeira. Enquanto as receitas de uma região autónoma não se limitarem aos impostos cobrados aos que nelas vivem, não descentralizamos a responsabilidade política"

 

LEITURAS COMPLEMENTARES: Da Irresponsabilidade Fiscal das Autarquias; Três razões porque sou contra este processo de regionalização; Perguntem-me como; O Modelo Madeirense

publicado por Miguel Noronha às 12:05 | partilhar

A lição madeirense

Pedro Pita Barros no Dinheiro Vivo

 

"[A] situação actual da Madeira, acusada de excessiva e preocupante pelos mesmo partidos, não é mais do que o resultado das políticas por eles preconizadas – dar rédea solta à despesa pública que esta se multiplicará, combater o desemprego através do emprego como funcionário público. Esta foi a “receita” para o crescimento da Madeira. O que se vê hoje? Para além de obras como estradas e túneis, não se encontrou uma fonte de crescimento da actividade económica que fosse duradoura. Não se reinventou o Turismo, dando-lhe novo ânimo, não se descobriram novas actividades económicas que trouxessem riqueza à região. Mais, ao cristalizar no emprego público uma fatia considerável da população activa, retirou-se a essas pessoas o interesse e a dinâmica de procurarem outras actividades económicas.  

 

Ao seu nível, a actual situação da Madeira mostra que não é viável um modelo de crescimento assente na despesa pública pela despesa pública. Apenas quando existe onde ir buscar mais e mais fundos se consegue, durante algum tempo, sustentar essa forma de intervenção económica.(...)

 

Da mesma forma que começa a ser perceptível um cansaço dentro do resto de Portugal quanto às dívidas da Madeira e o processo que a elas levou, também o Norte da Europa manifesta o mesmo cansaço quanto aos países do Sul da Europa. Só a escala do problema e do sentimento é diferente.

 

A lição da Madeira para todo o país não é apenas que é preciso controlar melhor. A lição mais importante, a meu ver, é que a capacidade de gerar dívida pública (e a ir escondendo) não traz a prazo crescimento económico sustentado e transforma-se apenas em mais um factor de “gordura” do Estado. E é “gordura” pelos recursos que absorveu e pelo emprego que retirou a outras actividades."

tags:
publicado por Miguel Noronha às 10:22 | partilhar
Sexta-feira, 16.09.11

Ainda sobre a Madeira (para terminar)

 

Não sei que legitimidade terá um socialista para a Passos Coelho que retire a confiança política a Alberto João Jardim [AJJ]. Se quisesse ser coerente teria de aplicar seu discurso sobre a "irresponsabilidade da despesa" que faz" aos anteriores governos socialistas. Ainda assim. Julgo que tem razão quando exige uma clarificação ao Primeiro-Ministro. Este não pode fingir que não é também líder do PSD, o mesmo de [AJJ].  Como já sublinhou o ministro das finanças, o que passou foi uma "grave irregularidade". Os responsáveis deverão sofrer sanções começado logo ao nível partidário. Mesmo que isso implique a perda da Madeira para o PSD (não tenho dúvidas que AJJ vencerá as eleições de qualquer forma).

tags:
publicado por Miguel Noronha às 15:24 | partilhar

Apanhados a dormir

 

 

Escrevia em tempos o deputado Saldanha Galamba que era impossível existirem "buracos" nas contas públicas portuguesas que não tivessem já sido detectados pela "troika". Ora bem. Temos aqui 1.6 mil milhões de euros que entre 2008 e 2011 escaparam à detecção dos "falcões" do INE, Tribunal de Contas e Ministério das Finanças. Pela minha parte nunca duvidei que iamos encontrar este tipo de "surpresas" e (infelizmente) acho que não vamos ficar por aqui.

 

 

tags:
publicado por Miguel Noronha às 14:56 | partilhar

Nada pára o socialismo madeirense

 

Juro que não percebo o ódio que lhe votam. Alberto João Jardim tem tudo para ser um ícone da esquerda portuguesa. Numa altura de crise generalizada e a braços com um colossal "buraco" nas finanças regionas, o presidente do governo regional culpa o "poder financeiro" e garante que não despedirá funcionários públicos nem irá rever o programa de obras públicas. Não é exactamente isto que os cainesianos continentais reclamam? Nada, nem o a falta de financiamento, parece capaz de parar o socialismo madeirense. Alguém (que não eles) pague a conta. Mais ou menos como na história das eurobonds.

publicado por Miguel Noronha às 11:52 | partilhar
Segunda-feira, 12.09.11

Contradições socialistas

 

Rádio Renascença: António José Seguro considera que quem colocou a Madeira na bancarrota não pode agora pedir que outros paguem a dívida. “Nós ouvimos o líder regional do PSD dizer que precisava rapidamente de dinheiro. O PSD-Madeira pôs a Madeira na bancarrota, tem um buraco colossal, gaba-se disso e pede que sejam os outros a pagar a factura da sua irresponsabilidade”, acusa o líder do PS

 

Da minha parte nada a obstar. Apenas constato que a posição do líder socialista sobre a dívida madeirense contrasta com o seu apoio às eurobonds e abre novas e interessantes possibilidades quanto à responsabilização do anterior governo nacional.

publicado por Miguel Noronha às 11:21 | partilhar
Segunda-feira, 29.08.11

O modelo madeirense

Seguro desafia Coelho a esclarecer quem paga "irresponsabilidade" da dívida da Madeira

 

Trata-se efectivamente  de uma excelente questão que merece melhor resposta por parte do governo. Seria extremamente útil acabar com a irresponsabilidade fiscal das autarquias e regiões autónomas fazendo com que sejam os contribuintes locais a pagar pela "obra feita" dos lideres locais. Para além da ressalva aqui feita pelo Nuno Gouveia, o que acho estranho é que seja feita pelo líder do partido que se tem batido por um modelo de regionalização que irá semear várias "Madeiras" pelo continente.

 

publicado por Miguel Noronha às 09:20 | partilhar
Terça-feira, 19.07.11

A ler

Ricardo Arroja sobre Jaime Ramos: "Boçal"

publicado por Miguel Noronha às 10:39 | partilhar

Cachimbos

O Cachimbo de Magritte é um blogue de comentário político. Ocasionalmente, trata também de coisas sérias. Sabe que a realidade nem sempre é o que parece. Não tem uma ideologia e desconfia de ideologias. Prefere Burke à burqa e Aron aos arianos. Acredita que Portugal é uma teimosia viável e o 11 de Setembro uma vasta conspiração para Mário Soares aparecer na RTP. Não quer o poder, mas já está por tudo. Fuma-se devagar e, ao contrário do que diz o Estado, não provoca impotência.

pesquisa

 

posts recentes

links

últ. comentários

  • O mais engraçado em toda a história das crianças i...
  • ou podre
  • http://fernandovicenteblog.blogspot.pt/2008/07/si-...
  • O pagamento do IVA só no recibo leva a uma menor a...
  • O ranking tal como existe é um dado absoluto. Um r...
  • Só agora dei com este post, fora do tempo.O MEC af...
  • Do not RIP
  • pois
  • A ASAE não tem excessos que devem ser travados. O ...
  • Concordo. Carlos Botelho foi um exemplo de dignida...

tags

arquivos

2014:

 J F M A M J J A S O N D

2013:

 J F M A M J J A S O N D

2012:

 J F M A M J J A S O N D

2011:

 J F M A M J J A S O N D

2010:

 J F M A M J J A S O N D

2009:

 J F M A M J J A S O N D

2008:

 J F M A M J J A S O N D

2007:

 J F M A M J J A S O N D

2006:

 J F M A M J J A S O N D

subscrever feeds