Segunda-feira, 03.10.11

Porque importa manter as clientelas políticas

PS não aceita redução de freguesias do interior pelo número de residentes, diz Seguro

 

90% dos contribuintes vão continuar a suportar os custos da interioridade para que os baronetes locais não percam os seus feudos.

tags: ,
publicado por Miguel Noronha às 11:34 | partilhar
Sexta-feira, 30.09.11

Ora bem

No Expresso

 

Manuela Ferreira Leite foi questionada pelos jornalistas sobre a questão da omissão de dívidas públicas na Madeira, tendo considerado que "sobre o Alberto João Jardim já está tudo dito".

 

Mas acrescentou: "Aquilo que, pessoalmente, não deixo de fazer é de relembrar que o Eng. Sócrates, o ministro Teixeira dos Santos deixaram o País numa situação de tal forma caótica e endividada, e fizeram-no de uma forma tão consciente e com todo esse endividamento, [que] deixaram o País num tal estado, que me parece, pelo menos, impensável que o Partido Socialista possa sequer abrir boca sobre a questão da Madeira".

publicado por Miguel Noronha às 12:44 | partilhar

Quando julgamos já ter visto tudo...

 

O deputado Saldanha Galamba cita um artigo artigo de Ambrose Evans-Pritchard que defende que defende a partição da zona euro em dois blocos:

 

"EMU should not be saved. It should be broken in two, or dismantled, in an orderly fashion of course. If the authorities can hold together 17 countries in EMU, they are surely capable of holding together a Teutonic Union and a Latin Union — each reduced to a more manageable fit and each more viable"

 

Não sei se, com isto, o coordenador de orçamento e finanças do grupo parlamentar do PS estará a indicar uma alteração nas orientações partidárias ou se exprime discordância com a linha oficial socialista.

tags: ,
publicado por Miguel Noronha às 08:52 | partilhar
Quinta-feira, 22.09.11

Deputado eleito pelo PS Madeira desmente a direcção nacional

No Público: (meus destaques)

 

O deputado do PS na Assembleia da República eleito pela Madeira decidiu suspender o mandato, alegando que apesar da responsabilidade da situação financeira ser do Governo Regional não se revê nas posições do seu partido nesta questão. “Sou madeirense e considero que se está a usar a dívida, os buracos e os erros de governação na Madeira para fazer esquecer os erros colossais que o país fez ao longo do tempo”, disse à agência Lusa Rui Caetano. O deputado socialista insular salienta que “o PS-Madeira sempre alertou para estes problemas, a todos os Presidentes da República e todos os primeiros-ministros, incluindo os socialistas, e eles foram fazendo de conta que esqueciam a situação”.

tags: ,
publicado por Miguel Noronha às 16:12 | partilhar

Um partido de confiança

O PS anuncia que não irá cumprir as medidas acordadas com a "troika" respeitantes ao mercado laboral. Estes eram os tais que diziam que cumprindo escrupulosamente as medidas do PEC IV iriamos ficar a salvo da ira dos mercados. E até juravamque entre o o PEC IV e o MoU nem existiam grandes diferenças.

 

tags:
publicado por Miguel Noronha às 15:15 | partilhar

A "pegada fiscal" de Paulo Campos

 

"Onde Pára Paulo Campos" de Pedro Santos Guerreiro (Jornal de Negócios)

 

Paulo Campos foi um homem essencial a José Sócrates, na sua política, nas campanhas e no financiamento delas. Deixou obra feita, algumas com inaugurações estranhamente milionárias e um escandaloso Aeroporto de Beja. Sobretudo: foi o grande actor das concessões de estradas. Mas este editorial não é sobre o homem: já perdeu umas eleições e ganhará outras. Paulo Campos é apenas uma pessoa errada. Cometeu erros que deixam um custo brutal. Aliás, era só fazer as contas. Quando as fizemos, fomos desmentidos.

 

publicado por Miguel Noronha às 13:01 | partilhar
Terça-feira, 06.09.11

Imprescindível

 
Público: "O PS quer debater no Parlamento o posicionamento público no sector dos media, relembrando que de acordo com a Constituição o Estado deve assegurar “a existência e o funcionamento de um serviço público de rádio e de televisão."
publicado por Miguel Noronha às 08:45 | partilhar
Quarta-feira, 10.08.11

Quod erat demonstrandum

 

Este post dos "abrantes" é demonstrativo da displicênciacom que os socialistas encaram uma função essencial do estado que consiste na manutenção da ordem pública e na protecção da propriedade privada e  da integridade física dos cidadãos contra actos de violência. Preferem desviar recursos para funções que competem aos privados. É o "estado oco"

tags: ,
publicado por Miguel Noronha às 13:00 | partilhar
Quinta-feira, 04.08.11

Amnésia socialista

Camilo Lourenço (Jornal de Negócios)

 

"Maria de Belém diz que enquanto presidente da Comissão que investigou o BPN lhe "passou muita coisa estranha debaixo dos olhos" e criticou a falta de sanção dos "actos criminosos". Uma pergunta: Maria de Belém criticava as falhas do anterior Governo? É que o banco foi nacionalizado em Novembro de 2008 e até Março de 2011 Teixeira dos Santos nunca disse qual o custo para o contribuinte. E em vez de vender o BPN mais cedo, quando a conjuntura era mais favorável, empurrou com a barriga… até levar com o gravíssimo ultimatum da troika (que deu todo o poder negocial ao comprador). Maria de Belém deve estar com amnésia. O que é estranho em quem dirigiu a referida Comissão…"

publicado por Miguel Noronha às 09:14 | partilhar
Quinta-feira, 07.07.11

A herança socialista

Já conhecíamos a desastrosa execução orçamental. Hoje ficámos a saber a dimensão da retracção económica no primeiro trimestre: 

 

"O PIB português teve a terceira maior queda do conjunto de países que integra a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico, recuando 0,6 por cento no primeiro trimestre deste ano."

 

E agora aguardemos pelos resultados do segundo trimestre.

 

tags: ,
publicado por Miguel Noronha às 10:52 | partilhar
Quinta-feira, 30.06.11

Format C:

 

"Na semana que antecedeu a tomada de posse do novo governo, entre 13 e 17 de Junho, os funcionários dos gabinetes dos ministérios das Finanças e da Economia ficaram sem informação nos computadores com que trabalhavam, os emails profissionais deixaram de ter histórico ou lista de contactos e os discos rígidos foram limpos. "Foi como começar de novo, apesar de já trabalhar aqui há anos e de ir continuar a trabalhar aqui", disse ao i um funcionário de um gabinete do Ministério das Finanças. A ordem, tendo em conta testemunhos ouvidos pelo i, era a de não deixar qualquer informação nos computadores profissionais. "Um dia apareceu um técnico, perguntou-me se tinha guardado a informação de que precisava e fez uma limpeza total ao disco rígido, até instalou novamente o sistema operativo", explicou.

Esta operação de limpeza foi executada pelo Ceger, organismo responsável pela gestão da rede informática do governo (RiNG) e que está na dependência da presidência do Conselho de Ministros. Os emails profissionais dos funcionários estão armazenados na RiNG, que foi esvaziada de informação."

 

fonte: i

 

ADENDA: Pergunto aos juristas cá da casa. Isto não será crime?

publicado por Miguel Noronha às 09:12 | comentar | ver comentários (2) | partilhar
Segunda-feira, 27.06.11

Deve ser coincidência

 

Primeiro os casos das SCUT's. Depois o favorecimento à esposa do ministro Alberto Martins. Ainda com novidades recentes temos o processo  João Pedroso/Maria de Lurdes Rodrigues. Hoje aparece nos jornais uma possível fraude na compra da Compal.
 
É impressão minha ou parece que finalmente encontraram a chave *daquela* gaveta no MP?

publicado por Miguel Noronha às 11:49 | partilhar
Sexta-feira, 17.06.11

O moderno despotismo iluminado

maradona a propósito da política subsidiação da energias renováveis pelo governo socialista

 

 

"Não percebo como é que não se compreende uma coisa, que é simples como as ventas de mediocre do António José Seguro: quando, centralizadamente, se subsidia a produção de um bem, está-se a retirar informação e diversidade ao sistema, e assim a limitar a sua capacidade de adaptação às circunstâncias que por definição são irreconhecíveis antecipadamente ao homem, e a substitui-la pelas possibilidades de um único cérebro (que, relembro, no caso é o do Eng. José Sócrates).(...)

 

O raciocínio é infantil de tão lógico: perante a incerteza, poupança há-de ser sempre contabilizada como poupança, qualquer que seja o futuro tecnológico que se considere; pelo contrário, se, por vississitudes que nem o engenheiro José Sócrates consegue antecipar (é possível, é possivel que ele não veja todo o futuro), o carvão ficar mais 50 anos ao preço da chuva, o vento for desbaratado por um avanço na transformação do fotões em energia témica, ou vice versa, ou o nuclear tiver uma solução para os seus problemas, ou...., ou....., ou...., os investimentos que tiverem sido canalizdos para os cavalos perdedores terá sido, rigorosamente, dinheiro deitado ao lixo."

 

 

 

publicado por Miguel Noronha às 07:12 | partilhar
Quinta-feira, 16.06.11

Afinal

Felizmente parece ter prevalecido o bom senso. O PS não irá apresentar recurso para o Tribunal Constitucional. Verdade seja dita que, após ambos os candidatos à liderança terem manifestado opinião contrária, não restava grande margem de manobra a José Lello. Resta saber se este vai corrigir o que disse.

publicado por Miguel Noronha às 14:29 | partilhar

À deriva (2)

 

O PS ainda pondera apresentar queixa ao Tribunal Consittucional por causa de uma questão que não irá influênciar o resultado final das eleições ou sequer alterar a distribuição de deputados do círculo de apuramente em questão.

tags:
publicado por Miguel Noronha às 10:38 | partilhar
Quarta-feira, 15.06.11

À deriva

 

 

Sol (15/06): José Lello reafirmou que PS recorrerá ao Tribunal Constitucional

 

Sol (15/06) : O deputado socialista Paulo Pisco garantiu hoje à Lusa que o PS vai recorrer para o Tribunal Constitucional (TC) com o pedido de impugnação dos votos do Rio de Janeiro por alegada fraude eleitoral

 

Diário Económico (16/06):  Assis diz que PS nada fará para atrasar tomada de posse do governo

 

Aguardo para ver se este triste espectáculo acabou aqui.

 

 

ADENDA: Afinal não acabou mesmo. Agora José Lello recorre à chantagem

 

Diário de Notícias (16/06): "Houve uma deficiência no cruzamento de informações para a delegação que foi ao Presidente da República e, portanto, estas declarações vão ser corrigidas pelo Francisco Assis", sublinhou Lello, que é secretário nacional para as Relações Internacionais do PS. "A posição do PS é de que na assembleia-geral de apuramento (hoje à tarde) vai apresentar de novo a impugnação dos resultados da mesa do Rio de Janeiro", indicou Lello."Se esta impugnação não for aprovada, nós recorreremos imediatamente ao Tribunal Constitucional, portanto está nas mãos do PSD aceitar ou não esta impugnação. Estão (PSD) muito preocupados com qualquer tipo de atraso no processo eleitoral, está nas mãos do PSD evitar qualquer tipo de implicações que daí decorram", acrescentou José Lello.

publicado por Miguel Noronha às 12:32 | partilhar
Quinta-feira, 02.06.11

Quod erat demonstrandum

As declarações de José Sócrates sobre a possibilidade de reestruturação da dívida soberana portuguesa são mais uma confirmação daquilo que o Miguel Morgado escreveu sobre a "politização extrema do debate sobre a crise portuguesa" levada a cabo pelos socialistas. Reparem que, embora uns a considerem um instrumento necessário e outros como a solução final, em todos os partidos esta questão é equacionada. Excepto no PS onde quem ousa abordar o tema é prontamente escorraçado para os o rol dos traidores ao líder e à Pátria. José Sócrates amarrou o PS a uma posição irredutível que o colocará numa posição extremamente desconfortável quando chegar à nossa vez. E ela chegará. Não tenham dúvidas.

 

 

Nota: Ainda a propósito de reestruturações. Só agora é que a Moody's se apercebeu que é bastante provável a reestruturação da dívida grega. A Standard & Poors e a Fitch ainda devem estar a ponderar essa possibilidade. Mais uma "prova" que foram as notações que precipitaram a crise. Isto, se quiserem continuar a ignorar os factos.

publicado por Miguel Noronha às 10:07 | partilhar

Plano C

Em Santa Maria da Feira, José Sócrates queixou-se de estar a ser alvo de novos ataques pessoais do PSD na campanha. «Agora puseram uns barões de segunda linha a atacar-me pessoalmente», lamentou

 

A referência aos "barões de segunda linha" é tanto mais irónica por ter sido proferido no mesmo comício onde a festa foi abrilhantada pelo ex-ministro Manuel Pinho.

publicado por Miguel Noronha às 08:58 | partilhar
Quarta-feira, 01.06.11

Da desonestidade (2)

Acordo final que leva a assinatura de Teixeira dos Santos prevê uma redução grande na taxa social única. Durante a campanha, José Sócrates recusou fazer um corte de grande alcance

 

 Parece que afinal de contas o governo socialista também acordou em "desmodernizar" substâncialmente o país.

publicado por Miguel Noronha às 19:43 | partilhar

Não aprenderam nada

Ouvi na rádio o socialista Eduardo Ferro Rodrigues a tentar convencer-nos que, apesar dos cortes, o PS é o campeão do "estado social". Segundo este, vai ser apenas "um parênteses de dois, três ou quatro anos" (presumo que seja à escolha). Depois podem voltar ao despesismo habitual.

 

Não sei como é que em apenas quatro anos (vamos escolher a 3ª opção) vão conseguir reduzir de forma significativa o stock de dívida pública, o endividamento externo e fazer com que o país saia do crescimento anémico da última década. Mas olhando para o que foram os governos de Guterres e Sócrates chegamos à conclusão que isso nunca os preocupou em demasia,

publicado por Miguel Noronha às 15:18 | partilhar

Cachimbos

O Cachimbo de Magritte é um blogue de comentário político. Ocasionalmente, trata também de coisas sérias. Sabe que a realidade nem sempre é o que parece. Não tem uma ideologia e desconfia de ideologias. Prefere Burke à burqa e Aron aos arianos. Acredita que Portugal é uma teimosia viável e o 11 de Setembro uma vasta conspiração para Mário Soares aparecer na RTP. Não quer o poder, mas já está por tudo. Fuma-se devagar e, ao contrário do que diz o Estado, não provoca impotência.

pesquisa

 

posts recentes

links

Posts mais comentados

últ. comentários

  • O mais engraçado em toda a história das crianças i...
  • ou podre
  • http://fernandovicenteblog.blogspot.pt/2008/07/si-...
  • O pagamento do IVA só no recibo leva a uma menor a...
  • O ranking tal como existe é um dado absoluto. Um r...
  • Só agora dei com este post, fora do tempo.O MEC af...
  • Do not RIP
  • pois
  • A ASAE não tem excessos que devem ser travados. O ...
  • Concordo. Carlos Botelho foi um exemplo de dignida...

tags

arquivos

2014:

 J F M A M J J A S O N D

2013:

 J F M A M J J A S O N D

2012:

 J F M A M J J A S O N D

2011:

 J F M A M J J A S O N D

2010:

 J F M A M J J A S O N D

2009:

 J F M A M J J A S O N D

2008:

 J F M A M J J A S O N D

2007:

 J F M A M J J A S O N D

2006:

 J F M A M J J A S O N D

subscrever feeds