Há mais coisas entre o céu e a terra, etc.

Li algures que Peter Singer, que odeia Bush mas ama os animais, afirmou numa entrevista que a superstição do carácter sagrado da vida humana desaparecerá até ao ano de 2040. Mas não disse que outra superstição irá substituir a primeira. De resto, que a ideia da íntrinseca dignidade da pessoa humana pode desaparecer da consciência comum dos povos, é uma hipótese com a sua plausibilidade. Que possa ser identificada com o triunfo da civilização é que me parece mais tortuoso. Há mais coisas entre o céu e a terra, etc...
publicado por Miguel Morgado às 16:24 | comentar | partilhar