"A cúpula da justiça tentou camuflar escutas”

O que verdadeiramente está em causa é a decisão do PGR e do presidente do Supremo ao mandar arquivar estas escutas, porque os indícios, as suspeitas e os factos são tão fortes que só não vê quem não quer. Não pode tomar-se uma decisão de arquivar só porque sim. O despacho de arquivamento não está sustentado. José António Saraiva, em entrevista ao "i"

O director do SOL informa também que na próxima sexta-feira o jornal vai continuar a desenvolver este assunto, nomeadamente sobre uma "outra investida contra outro grupo de comunicação social, que também é indesmentível". Resta saber até quando o país vai ficar sem explicações por parte do poder político e judicial.

PS: Entretanto mais de 7500 pessoas já assinaram a petição.
publicado por Nuno Gouveia às 12:04 | comentar | partilhar