Então não era moderno e arejado?

A aposta energética feita por Sócrates e Pinho foi elogiada por muita imprensa que tinha a obrigação de estar mais atenta e informada. Foi apresentada como excelente e uma das vitórias do governo em momentos de balanço. Começa agora a aparecer em força nos media aquilo que são as consequências de facto de uma má decisão socialista, atempadamente alertada como está patente em diversos documentos públicos no Instituto Sá Carneiro. Tal como foi desenhada, a estratégia energética é uma autêntica SCUT ambiental. Imaginem quem paga.
publicado por Manuel Pinheiro às 12:50 | partilhar