Eu próprio não me sinto lá muito bem

Sou militante de um partido, que se chama social-democrata, não sou, nunca fui, social-democrata, e sobretudo não tenciono ser, jamais, social-democrata. Nem neo nem old style. Nada. Se fosse, ou tencionasse, era militante do partido socialista, que não é socialista, é social-democrata. Se o partido socialista fosse socialista, estava no partido comunista, ou sei lá onde. Tenho a vaga desculpa de que não fui eu que escolhi o nome do partido. Mas é curta. De modo que temos todos culpas no cartório. Voilá.
publicado por Jorge Costa às 14:13 | comentar | partilhar