Ainda sobre o "neoliberalismo"

A partir de agora, uma mistura de patriotismo rasteiro e esquerdismo infantil será a receita socialista para os meses de guerrilha que aí vêm. Resta saber se o povo, como sempre, engole tudo.

João Pereira Coutinho
publicado por Paulo Pinto Mascarenhas às 14:42 | comentar | partilhar