Menos 63 mil empregos (corrigido e aumentado)

A economia norte-americana perdeu 63 mil empregos em Fevereiro último. Se George W. Bush fosse Sócrates, saberia certamente como transformar uma tragédia económica e social e um importante problema político num caso de sucesso para o país e para a sua Administração.
Já agora, e para que conste, em Espanha o número de desempregados cresceu em 53 mil no mesmo mês de Fevereiro. Comparem-se os EUA com Espanha e facilmente se percebe onde é que, de facto, existem sérios e graves problemas económicos. Compreende-se por isso a razão pela qual Zapatero anda prometer em campanha a criação de 2 milhões de empregos. Tem um grande problema entre mãos e acha que aprendeu alguma coisa com Sócrates.
publicado por Fernando Martins às 15:45 | partilhar