Não era preferível não aumentar?

De facto, 2008 vai ser ainda melhor do que 2007. Isto é capaz de ser um bocadinho, mas apenas um poucochinho, ridículo. Digo eu...
publicado por Joana Alarcão às 20:34 | partilhar