5,281% a 12 meses: o limite (não) é o céu, caramba!

%@!$#&<%!!*

*A procura foi estupenda! Como diz o senhor primeiro-ministro, os mercados continuam receptivos à dívida portuguesa. Oh se continuam.
publicado por Jorge Costa às 11:46 | partilhar