In Money We Trust


(Posso ser "simplista", posso?) Pois, há certas "culturas" que dão muita importância ao dinheiro, que se importam com ele. São "materialistas" e tal. (Nem é preciso ler o Max Weber.) Não gostam que se brinque com o dinheiro. Para mais, quando se trata do dinheiro dos outros. Feitios.
Noutras paragens, como se sabe, as coisas já não são bem assim.
publicado por Carlos Botelho às 22:13 | partilhar