Chomsky, Faurisson & Co. - Para lembrar

«O Nazismo está morto e passado, juntamente com o seu Führer. Resta hoje a verdade. Ousemos proclamá-la. A inexistência de "câmaras de gás" [em Auschwitz] é uma boa notícia para a humanidade. Boas notícias que seria errado manter escondidas por mais tempo.»

Robert Faurisson, "Le Monde", 29 de Dezembro de 1978, p. 8.

«É verdade que Faurisson é um anti-semita ou um neo-nazi? (...) Não encontro provas que suportem essa conclusão. Nem provas nos materiais que li a respeito dele, em registo público ou em correspondência privada. Tanto quanto posso determinar, ele é uma espécie de liberal relativamente apolítico.»

Noam Chomsky, "Some Elementary Comments on The Rights of Freedom of Expression", prefácio a Faurisson, Mémoire en défense, 11 de Outubro de 1980.

Noam Chomsky, o ícone ideológico de certa esquerda, e Robert Faurisson, o ícone intelectual (?) do negacionismo. Como esta gente se dá bem...
publicado por Jorge Costa às 19:43 | comentar | partilhar