Inaceitável

João, nunca respondo a posts com este teor, nem quando me são endereçados, nem quando atingem amigos pessoais, como é o caso. Mas vou abrir uma excepção. Porque eu e tu nos conhecemos e porque sempre falámos com franqueza.
O que tu aqui escreves é lamentável e inaceitável. Uma coisa é a crítica, que inclui a possibilidade da crítica radical; outra coisa bem diferente é a pura e simples violência verbal. Não é uma diferença de grau, como se costuma dizer, mas de espécie. A fronteira da civilidade passa por aqui.
E digo-te isto sem qualquer reserva mental: no meio disto tudo, o único atingido acabas por ser tu. Se quiseres converter o teu blog num megafone de insultos, é contigo. Mas então não te admires por não te levarem a sério.
publicado por Miguel Morgado às 18:17 | comentar | partilhar