Não há novidades

O congresso socialista está a decorrer conforme se esperava. Um hino em honra de Sócrates. O PS hoje é um partido sem novidades, que assenta mais na força da imagem do propriamente na força da mudança. Aquele que é o partido de poder há vários anos, quer-nos fazer acreditar que o país vai mudar se os mantivermos no poder. Nada mais surreal.

O debate de ideias por aqui não existe, e todos os oradores se têm desfeito em elogios ao líder. João Proença já cá esteve a manifestar solidariedade política e pessoal a Sócrates e até Edmundo Pedro veio cá desmentir-se, ao garantir quer “nunca ter sentido que José Sócrates tivesse medo ou metesse medo a alguém”. Os conclaves unanimistas são assim: a crítica não tem lugar.

publicado por Nuno Gouveia às 13:31 | partilhar