Baptizados de pé

Depois de insinuar que todos os padres são pedófilos, o Daniel Oliveira agora insinua que todos os que criticaram pela baixaria são católicos. É uma versão moderna da ordem de D. Manuel que obrigou os judeus a baptizar-se ou a sair do reino. O Jorge Costa vai de arrastão para o rebanho dos beatos, como os seus antepassados há quinhentos anos.

Talvez devesse dizer-lhe que o Daniel Oliveira não quis ofender ninguém, a bem do ecumenismo, mas tenho pouca fé. No livro de Daniel, aqueles que mostram a mais leve repugnância pelo seu altíssimo humor são lançados no inferno das virgens ofendidas. E quem sou eu para negar o inquisidor-mor da virgindade alheia?
publicado por Pedro Picoito às 23:00 | partilhar