O ciclotímico

Animal feroz, coração partido. Indiferente a linhas editoriais, furioso com linhas editoriais. Berros ameaçadores, sussurros ternurentos. Não está a par de nenhum negócio da PT, está a par daquele negócio da PT. Não interfere em negócios privados, interfere num negócio privado. Sim, são insultos, não, são manifestações de desconforto. Era o que faltava que o governo se deixasse influenciar pela rua, é claro que o governo deve ouvir os sinais de descontentamento. Animal feroz, coração partido.
publicado por Carlos Botelho às 22:15 | partilhar