"Bancarrota Sócrates"

António Lobo Xavier acaba de chamar a este período que estamos a viver de "Bancarrota Sócrates". Quando os historiadores avaliarem o que se passou nestes últimos anos e a forma como chegamos até aqui, este será um título perfeitamente adequado. Não terá sido por falta de aviso que Portugal bateu no fundo. Além de Manuela Ferreira Leite, vários economistas e especialistas na área foram avisando ao longo dos últimos anos que era preciso parar: de gastar dinheiro, de desperdiçar fundos, de políticas eleitoralistas e de mentir aos portugueses. Mas José Sócrates nunca ouviu ninguém e continuou o seu caminho rumo ao abismo. Ficará na história, como sempre desejou. Mas não pelos bons motivos.

PS: o partido albanês que lidera também é co-responsável pela situação. Não esquecer o que eles foram dizendo ao longo do tempo, sempre prontos a mudar de opinião conforme as atitudes do líder. E relembrar, sempre, as mentiras que foram ditas na última campanha eleitoral. Basta visitar o blogue Simplex.
publicado por Nuno Gouveia às 23:06 | comentar | partilhar