Ainda sobre o Mavi Marmara

O Capitão do Mavi Marmara confirmou que tentou impedir a violência premeditada contra os soldados Israelitas, 2 horas antes da abordagem. Um outro oficial do Mavi Marmara confirmou também que cerca de 40 activistas entraram no navio em Istambul (ao contrário dos restantes passageiros), e que esses activistas do IHH foram quem preparou a "recepção" aos Israelitas, bem como controlavam áreas do Mavi Marmara pré-determinadas.

Para quem duvide da veracidade do artigo, existe um video da entrevista onde o Capitão faz as ditas afirmações:

publicado por Joana Alarcão às 00:04 | partilhar