Empresários eucaliptos

As notícias que tardam, tardam e tardam, como as pilhas no famoso anúncio da Duracell. Não há maneira de os nossos empresários de grande sucesso serem notícia na comunicação social não só pelos avultados dividendos que recebem e pelo crescimento exponencial das suas fortunas pessoais ou dos seus grupos empresariais, mas também pelo retorno que dão à sociedade, a título pessoal ou por intermédio de fundações criadas para o efeito.
As boas práticas, neste domínio, tardam em chegar a Portugal. No médio e longo-prazo, perdemos todos com isso, infelizmente. Há aqui algo de muito pouco sustentável na forma como os nossos empresários de grande sucesso se relacionam com a sociedade. Percebe-se facilmente que se não se inverter este caminho algo vai correr mal.
publicado por Joana Alarcão às 15:02 | comentar | partilhar