Guerras Modernas 2: Ignorar é o melhor remédio

Há uns dias, a meio de uma aula de coreano com 10 pessoas de todas as nacionalidades, ouvem-se helicópteros e aviões a circular perto de Seul. Os americanos começam a ficar nervosos:
- Teacher do we have to worry about this?
- (professora coreana) No...it's just some drills because of North Korea (sic)
Ao fim de 50 anos de retórica, o Sul desenvolveu uma capacidade inacreditável de ignorar olimpicamente as ameaças do Norte. O leitor do Cachimbo, bem informado, dirá que assim é porque deste lado estão dezenas de milhares de americanos em stand-by e -mais importante- porque a corda que os chineses deram ao Norte está-se a acabar. Mesmo assim. Quem fala no dia-a-dia com esta gente não deixa de ficar surpreendido com o desinteresse de uma ameaça que está a 45 (quarenta e cinco) quilómetros das suas casas.
publicado por Francisco Van Zeller às 13:41 | comentar | partilhar