Joseph de Maistre

Tanto os liberais, como a esquerda em geral, sempre viram Joseph de Maistre como um monstro assustador, de capa negra e dentes podres, que queria voltar a impor o jugo terrível da Inquisição e endoutrinar as criancinhas com a aliança entre o Trono e o Altar. Ora eu sempre o achei divertido. Um exemplo: Maistre, numa nota de rodapé de uma das suas obras mais famosas, confessa a sua ignorância sobre a origem da lenda de que as terríveis violências e crueldades da conquista espanhola das Américas ocorreram por instigação dos padres. Termina a dita nota de rodapé mencionando que a única pista que tem para este enigma foi-lhe dada por um amigo espanhol, que lhe disse: "Julgo que é uma historieta desse imbecil do Garcilasso* (sic)"
.
*(referência a Garcilaso de la Vega - não o poeta, mas "El Inca" - que publicou a narrativa mais célebre desse período da história da expansão espanhola).
publicado por Miguel Morgado às 14:23 | partilhar