As críticas de um e as críticas da outra

Pacheco Pereira não tem razão: Dalila Rodrigues fez bem em acompanhar a visita de Marques Mendes ao Museu Nacional de Arte Antiga. A (ainda) directora não podia deixar de receber o líder da oposição, com mais ou menos jornalistas. O contrário é que seria falta de sentido de Estado. O Museu é de todos, não é do Governo e muito menos do PS.
Houve aproveitamento político da parte de ambos?
Claro que sim. Mas a demissão de Dalila Rodrigues é um caso político porque ela foi demitida depois de pôr em causa uma política do Ministério da Cultura. Isto é apenas a continuação da política por outros meios.
publicado por Pedro Picoito às 17:33 | partilhar