Pobre e mal agradecido


Tenha paciência: ajuda ainda é como o outro. Agora confiança, vá roubar para a estrada.

publicado por Jorge Costa às 12:56 | comentar | partilhar