Um Dilema

Com Pedro Passos Coelho feito novo "líder" do PSD há, pelo menos, duas estratégias possíveis para, no interior do PSD ou à sua volta, enfrentar com êxito tamanha adversidade: a) antes quebrar que torcer; b) baixar um pouco a cabeça para deixar passar a borrasca, porque o essencial é não quebrar.
publicado por Fernando Martins às 00:41 | comentar | partilhar