Rigor e Confiança

1. «Líder da Comissão de Orçamento e Finanças presta assessoria ao BPN», revela o Público (22.4.2008: 39), com chamada à capa «Jorge Neto é assessor de banco sob investigação». Segundo o Público, «Jorge Neto (...) tem dado assessoria ao BPN, sendo considerado um colaborador de confiança de Oliveira e Costa, que recentemente se demitiu de CEO. A assinatura de Jorge Neto consta mesmo de alguns pareceres encomendados pelo BPN».
Hoje, sem chamada à capa, ao abrigo de direito de resposta (24.4.2008: 42), é publicado um extenso desmentido sobre o qual o Público, para já, não se pronunciou. E, no entanto, o desmentido coloca em causa, entre outras coisas, que Neto conheça Oliveira e Costa, ou que a sua assinatura conste de pareceres encomendados pelo BPN.
2. «Rui Rio é o preferido de Cavaco» revelava o Expresso na capa da sua última edição (19.4.2008). Nesse mesmo dia o próprio Presidente da República desmentiu a notícia deixando bem claro que «não tem o mínimo fundamento» (TSF, 19.4.2008). O Expresso, via edição em linha, para já, não se pronunciou.
3. «Menezes convida Cadilhe para programa de Governo» anunciava o Sol na capa da sua penúltima edição (12.4.2008). Nesse mesmo dia Cadilhe desmentiu a notícia, deixando bem claro que «não fui convidado para coordenar o programa de Governo do PSD e se tivesse sido convidado não poderia aceitar». O Sol na sua edição em linha fez referência ao desmentido. Na edição desta semana, se alguém esperava que o jornal reiterasse a bondade da sua versão terá ficado certamente desiludido, na medida em que o assunto é completamente ignorado.
4. Por falar na edição desta semana do Sol, o jornal informava em subtítulo que «Rui Rio cede aos apelos do PSD e anuncia candidatura no início da próxima semana» (19.4.2008: 4).
.
Perante isto, pergunto, há alguém que ainda acredite no que lê, sem dar algumas horas para ver o que acontece?
publicado por Joana Alarcão às 15:34 | comentar | partilhar