90 Anos de Outubro (1)


O PCP comemora com a CGTP - uma federação (?!) sindical, para os mais distraídos - os 90 anos da fundação da pátria dos trabalhadores de todo o mundo. Foi nessa nova Jerusalém que, em pleno espírito proletário, aos trabalhadores foi negado o direito à greve por se tratar de uma modalidade "burguesa" de "sabotagem". Foi também no paraíso da foice e do martelo que o absentismo e a falta de pontualidade valiam uma estadia no cárcere. E os "revolucionários profissionais", que são hoje recordados como os maiores benfeitores da humanidade, não se importaram de converter verbalmente tudo isto em grandes "conquistas sociais".
publicado por Miguel Morgado às 13:28 | comentar | partilhar