O protectorado grego

Cansados do mau funcionamento do estado grego, que culpam pela má implementação e insucesso do plano de recuperação, os países-membros estão a estudar a implementação de novas medidas que implicarão uma drástica perda de soberania da Grécia sobre os recursos fiscais. Nomeadamente a gestão do programa de privatizações e a cobrança de impostos que passariam a ser geridos por entidades supranacionais.

 

È claro que, na eventualidade destas virem mesmo a ser colocadas como condição para a continuação do auxília financeiro a Grécia pode optar por não as aceitar. E depois? Vão pedir o dinheiro a quem?

tags: ,
publicado por Miguel Noronha às 09:25 | partilhar