Deixem-me trabalhar

João Miranda

 

"Num momento em que Portugal atravessa uma situação particularmente difícil, estabeleceu-se entre os responsáveis políticos um estranho consenso: temos que apostar na agricultura. São os mesmos que disseram que tinhamos que apostar nas auto-estradas, na Expo 98, na construção de estádios, na tecnologia, na educação e no TGV, mas nunca cuidaram de garantir que as apostas seriam sustentáveis. É mais uma de uma longa lista de “apostas”, “prioridades nacionais” e “opções estratégicas”."

 

 

 

Tenho uma sugestão para os políticos que acham saber quais as "apostas de futuro". Façam uso do conhecimento priveligiado e invistam o vosso dinheiro nesses projectos. Deixem o meu em paz. Por causa desses "visionários" tenho uma enorme factura para pagar.

publicado por Miguel Noronha às 11:12 | partilhar