Últimas do desemprego

Infelizmente parece que nenhum membro do governo cessante se dispôs a comentar os últimos dadossobre evolução do desemprego em Portugal (a subir) e na OCDE (a descer). Os defensores da tese da inocência do governo irão certamente deitar as culpas para o chumbo do PEC IV.

 

Na senda dos socialistas portugueses, o presidente Obama também opta por deitar as culpas para terceiros para explicar o desemprego que pese embora os macivos programas de estímulos teima em não descer. (provavelmente) Sem se aperceber do que isso indica acerca do custo relativo dos recursos diz que a culpa é do excesso de automação.

 

Nota: A propósito das declarações de Obama leiam este comentário no Cato@Liberty

publicado por Miguel Noronha às 16:09editado por Paulo Marcelo em 16/06/2011 às 09:58 | partilhar