Sem sombra de dúvidas

Segundo dados do governo execução orçamental está a correr muitissmo bem.  As evidências é que parecem contradizer as contas apresentadas. Esperemos que a nova equipa consiga por cobra a certas práticas menos ortodoxas. Chamemos-lhe assim.

 

ADENDA: Sugerem-me que talvez parte do mérito na contenção da despesa esteja no reforço da vigilância do Tribunal de Contas iniciado durante o ano de 2010.

tags:
publicado por Miguel Noronha às 08:52 | partilhar