Uma alternativa

Tomando como ponto de partida a sugestão alternativado João Miranda (manter a RTP pública, e financiada exclusivamente através de contribuições voluntárias e publicidade) eu faço outra sugestão. Aproveitando a transição para a TDT (terminada em Abril 2012) transforme-se a RTP num canal premium cuja subscrição será igual à actual taxa e, obviamente, voluntária.

publicado por Miguel Noronha às 09:56 | partilhar