Constato

Nos últimos dias vieram à superfície muitos e inusitados especialistas em notação financeira. Algumas até são divertidas. Menos divertido é estarema dar uma mãozinha a mais um dispendioso e inútil projecto comunitário. A (quase) unanimidade, que vai de extremo a extremo do espectro político, devia-nos fazer pensar duas vezes. Ou três.

tags: ,
publicado por Miguel Noronha às 11:56 | partilhar