Da silly season

A silly season tem destas coisas. Como transformar uma não notícia em polémica: 1º insinuar que uma orientação de carácter geral é na realidade uma imposição; 2º transformar um apelo institucional ao bom-senso individual, oriundo de regras sociais partilhadas, em regra sectária e já agora reaccionária; 3º confundir aconselhamento com delação. Em termos muito gerais é isto que faz o António Marujo no comentário ( não tenho link) ao artigo do Público, “Católica cria regras de vestuário para professores e alunos”. 

Relembrar que a Universidade é um espaço de trabalho e que a conduta individual deve ser pautada por esse reconhecimento é  realmente uma ideia muito perversa. Pior, pode inculcar traumas irreparáveis a docentes e discentes.

publicado por Eugénia Gamboa às 15:02 | partilhar