The million euros question

Para evitar a propagação da crise e a implosão do euro fala-se na absoluta necessidade de implementar a união fiscal (que na prática irá transformar os países do Sul em protectorados com pouca ou nenhuma autonomia orçamental e política) e emitir as afamadas "eurobonds". Fala-se na solidariedade europeia (pois...) e na necessidade de preservar a UE mas como escreve Ambrose Evans-Pritchard a questão decisiva irá ser esta: "does Germany really want to pay the costs of monetary union any longer?".

 

Mesmo existindo vontade entre os políticos é capaz de ser uma ideia difícil de vender aos eleitores (e contribuintes) alemães.

 

 

publicado por Miguel Noronha às 11:35 | partilhar