Continuamos nisto

Por mais risível que seja, há sempre uma qualquer "razão de estado" que nos impede de reduzir a despesa pública. É sempre preferível aumentar os impostos.

publicado por Miguel Noronha às 08:14 | partilhar