Um sucesso estatístico

 

Estudo hoje divulgado conclui que, graças ao programa "Novas Oportunidades", Portugal tem a maior taxa de obtenção de diplomas do final do ensino secundário (96%) da OCDE.

 

Que o Novas Oportunidades se limite a entregar diplomas em troca de uma mal amanhada biografia é um mero pormenor. Que o programa seja (re)conhecido como uma fraude e não tenha trazido qualquer benefício aos certificados (queriam que lhes chamasse "formandos"?) também não parece interessar. Subimos no ranking. Isso é que interessa. A este tipo de alterações cosméticas se resumiu a acção do anterior governo. Gastamos dinheiro que não tinhamos com este tipo de inutilidades e assim fomos afundando até aqui.

publicado por Miguel Noronha às 10:47 | partilhar