É um isto um país?

Segundo a crónica de Vasco Pulido Valente hoje no Público, é evidente que o Governo não tem um plano nem tem gente que nos inspire confiança e nos leve onde deveríamos ser levados. Também se soube que o deficit das contas públicas no primeiro semestre de 2011 (8,3% do PIB) é uma desgraça maior do que se poderia supor. Talvez por isso, ontem, o Ministério da Educação mandasse poupar 500 mil euros dando o dito por não dito quanto à entrega de uns prémios que reconheciam os méritos de jovens estudantes. Entretanto, ontem, Isaltino de Morais foi preso por causa de crimes de que muitos políticos portugueses são suspeitos. Hoje, uma juíza do Tribunal de Oeiras, numa decisão tão dentro da lei como a tomada ontem, manda que o presidente da Câmara Municipal de Oeiras seja libertado. Como é óbvio, e não é preciso ser Marinho Pinto para constatá-lo, o funcionamento da "justiça" é credor dos maiores insultos e de toda a desconfiança.

É isto um país?

publicado por Fernando Martins às 18:15 | partilhar