Uma ministra em assunção

Não conheço ainda o projecto de alteração da Lei do arrendamento, mas daquilo que se ouviu e leu parece corresponder ao diploma que todos reclamávamos há muito para dinamizar o mercado do arrendamento e revitalizar as cidades. Além dos regimes mais abertos e menos deterministas para o futuro, consagraram-se soluções criativas e interessantes para os contratos anteriores à lei. Tenho curiosidade em conhecer melhor algumas outras soluções - algumas há que à primeira vista me suscitam dúvidas -, mas para já Assunção Cristas está de parabéns por ficar associada e ser a responsável por esta importante medida. Com isso me alegro, pois.

publicado por Filipe Anacoreta Correia às 10:44 | partilhar