A miséria

Pacheco Pereira, no Público, hoje:

 

"(...) Os blogues políticos têm cada vez menos importância. (...) Tornaram-se espelhos miméticos dos partidos e fracções [facções?] políticas.

(...)

Infelizmente para os blogues, bastou um ciclo de mudança política para mostrar [...] todos os defeitos da vida política portuguesa - o espírito de obediência, a falta de independência crítica, a absurda redução de tudo à dicotomia situação/oposição e o puro oportunismo pessoal de um país em que a fome é muita e os empregos escassos -, para tornar os blogues meros acrescentos dos partidos políticos e das suas facções. O clubismo político instalou-se e com ele a desertificação ideológica, os silêncios e as falas de conveniência, a submissão ao novo unanimismo, o espírito de claque em guerra com os adversários, e de um modo geral a completa mediocridade daquilo que passa por ser o debate político em Portugal. Os blogues políticos parecem-se cada vez mais com secções das 'jotas' partidárias."

 

Cuidado.

publicado por Carlos Botelho às 23:39 | comentar | partilhar