Fim do euro (18) Resultados da votação

A 28 de Janeiro coloquei aqui no blog uma votação sobre o nome da nova moeda, que terminou ontem. A votação inicial revelou-se muito abaixo do número de visitantes do blog, mas lá foi subindo. Nas primeiras semanas, o “luso” esteve num claríssimo primeiro lugar, seguido do “novo escudo” e do “cruzado”.

 

No entanto, a 9 de Fevereiro o texto “Os Piratas das Canavilhas (II)” recebeu uma chamada de atenção no Sapo, o que catapultou o número de visitas ao blog, dos habituais valores à volta dos 1500 visitantes diários para quase 18 mil. Estes clientes não habituais mudaram a votação por completo, fazendo subir imenso o número de votos e passando a dar a primazia ao “novo escudo”. Mesmo assim, o “luso” acabou em segundo lugar, com 29% dos votos, não muito longe dos 36% do “novo escudo”, de um total de 2020 votos.

 

O terceiro lugar foi para a “pataca”, com 14%, que coloquei devido à expressão muito positiva de “árvore das patacas”. O “cruzado”, nome que tinha sugerido anteriormente e que suscitou tanta controvérsia que acabou por provocar a criação desta votação, ficou-se pelo quarto lugar, com apenas 11%. Finalmente, o quinto lugar foi para o “real” (8%) e o sexto lugar para a “dobra” (3%).

 

Aproveito a oportunidade para agradecer a todos os votantes e a partir de agora vou passar a referir-me à nova moeda portuguesa, que deverá entrar em circulação ainda em 2012, como “novo escudo”, por respeito para com os resultados desta votação.

publicado por Pedro Braz Teixeira às 14:30 | comentar | partilhar