À la Finnegans Wake...

 

 

Aventurei-me a começar o Finnegans Wake, do James Joyce… tenho tido algumas bificuldades, que passas pôr:

 

As palahvras tão, todas mauscritas. Ukek diz? Dukek estafa lar? Aquelas hrases são uma semfusão sempleta. Trocadas todas voltas as. Frento com audácia sete centos folios cem dez istir.

Por agora estou à toa durar!

publicado por Pedro Gonçalves Rodrigues às 15:38 | comentar | partilhar