O jornalismo na vanguarda do debate político

Ontem, o editorial do PÚBLICO terminava com um conselho ao Primeiro-Ministro para não lixar os eleitores. Hoje, o líder parlamentar do PS critica o Primeiro-Ministro por estar-se a lixar para os eleitores. O jornal PÚBLICO já não noticia nada; faz política. O PS já não pensa nada; segue a voz do PÚBLICO.

 

PS. Mais risível ainda do que o facto de o editorial do PÚBLICO se ter lembrado que o Primeiro-Ministro se assemelha a um "líder messiânico", é a ideia de que o PS tenha efectivamente brindado o Governo com "muitos desafios" que pudessem ser levados a sério.  

publicado por Nuno Lobo às 17:02 | comentar | partilhar