A espécie, afinal, ainda não se extinguiu

É verdade. Escutaram-se vocalizações inconfundíveis de um indivíduo da espécie em questão. Já quase se tinha perdido a esperança de haver vida inteligente naquele ecossistema. Havia já sinais que levavam a crer haver ainda daqueles indivíduos -  inteligentes, mas com um comportamento mais discreto, por estarem em inferioridade numérica relativamente a outros especímenes. Estes últimos, dotados de equivalências zoomórficas e valendo-se de outros expedientes, acabam por mitigar as suas capacidades intelectuais inferiores com a espessura notória das caixas cranianas, com a vantagem do número e com as reacções em manada, nas proximidades das zonas donde vão retirando o seu sustento.

Mas, agora, é certo: para espanto da comunidade científica, já quase desenganada, e dos simples como eu, foi avistado e escutado um social-democrata no Partido Social Democrata. Podem ouvir, aqui, a partir dos 3m. 50s.

publicado por Carlos Botelho às 12:01 | comentar | partilhar