Um silêncio lamentável

O CDS e o PSD têm-se mantido calados perante o caso do desaparecimento de documentos do ministério da Defesa quando Paulo Portas o chefiava. Este ainda teve o descaramento de dizer que tem "acompanhado pouco" a actualidade política nas férias. Confirmando as queixas que o Alexandre Homem Cristo já tinha feito sobre o jornalismo português, o jornalista engoliu esta patranha e não o confrontou com o facto de bastar um telefonema de um amigo para o avisar.

 

Este silêncio dos partidos no governo perante uma actuação incompreensível do Ministério Público é profundamente lamentável. Achar que a corrupção pode ser ignorada se for praticada pelos “nossos” é uma vergonha.

publicado por Pedro Braz Teixeira às 10:39 | partilhar