Mistério juvenil

 

"Este Ministério está a olhar para o século XXI. Houve uma ilusão no século XX de que as ideias do século XIX sobre a Educação funcionavam - de não haver avaliação dos estudantes, de não se ser exigente. O século XXI aparece com muito maior conhecimento sobre Educação, da importância da autonomia das escolas, da avaliação, do reforço das matérias fundamentais, de metas curriculares. É um salto para o futuro."

O Ministro da Educação, ontem, ao Sol.

 

É para mim um mistério que Nuno Crato, mesmo não mostrando ter, propriamente, um pensamento sobre a Escola e mesmo sendo dificilmente merecedor de respeito depois de uma entrevista como esta, que ele, um homem inteligente, diga aqueles simplismos grosseiros de feira. Trata-se de superficialidades agora em moda para entreter ignorantes e para conferir um verniz "científico" ao discurso daqueles - abundantes por aí - que não sabem do que falam. Era mesmo preciso?...

publicado por Carlos Botelho às 12:10 | comentar | partilhar