A Coligação

 

 

 Nancy Fouts é uma artista e publicitária americana que não está muito interessada em explicações muito profundas nem, tão pouco, em obras de significado obscuro e difícil.

 

 

 

 

 

E é assim - pelo elogio do impossível - que as esculturas de Nancy Fouts adquirem, nestes dias, uma razão desconcertante e inesperada. A combinação de objectos e animais  pensados com humor relança oportunamente a reflexão sobre as boas e más ligações.

 

 

 

Para quem não acredita que o contexto expositivo da obra de arte não é afinal determinante, veja como o tempo político muda tudo e torna o  humor descontraído em dor lancinante.

 

 

 

 A história persegue-nos e grita-nos aos ouvidos que a teimosia é nossa, que  há coisas que foram feitas assim mesmo, sem combinação possível.

 

 

 

 

Temos sempre a hipótese, para não lhe chamar absurdo político, de os juntar à força no mundo superficial e bem humorado de Nancy.

 

 

 

 

 

 

publicado por Ricardo Roque Martins às 22:58 | partilhar