Vaga de fundo

Já não se pode ouvir falar em "vaga de fundo". Eu voto no Marcelo, mas mudem de metáfora.
publicado por Pedro Picoito às 21:31 | comentar | partilhar